Maracatu Nação Fortaleza

NAÇÃO FORTALEZA

Fundado em 25 de março de 2004, em comemoração ao Dia de Maracatu e aos 120 anos da abolição dos escravizados no Ceará, o Maracatu Nação Fortaleza pretende inserir crianças e adolescentes no ambiente da cultura afrobrasileira com o intuito de trazer a participação efetiva das novas gerações dando continuidade ao trabalho e dedicação dos antigos mestres do maracatu cearense.

Tendo iniciado suas atividades com um trabalho voltado para estabelecer critérios de qualidade e pesquisa na elaboração do vestuário e dos adereços de seus componentes, ensejando a investigação histórica e o caráter inovador de seus temas, timbres e ritmos, além de priorizar a participação de seus brincantes em todos os setores do folguedo, o Maracatu Nação Fortaleza foi selecionado como Ponto de Cultura em Edital do Ministério da Cultura e da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará, com uma proposta de desenvolver oficinas, cursos, palestras e outras atividades que contemplam conhecimentos diretamente ligados ao universo dos maracatus e também diversas formas de habilidade e manuseio de materiais para confecção de figurino, adereços e demais componentes para as apresentações do grupo.
Idealizador do Maracatu Nação Fortaleza, Calé Alencar é autor e intérprete das loas apresentadas nos desfiles desde a criação do grupo, além de criar loas para os maracatus Az de Ouro, Nação Baobab, Solar e Vozes da África. Cantor, compositor e produtor musical, iniciou a carreira musical em 1975, ao classificar duas composições no Festival Canteiros, no qual se apresentou com a banda Feira do Som.

Autor de músicas para teatro, cinema e publicidade, Calé Alencar teve suas primeiras canções gravadas nos discos Massafeira (álbum coletivo de artistas cearenses) e Equatorial, da cantora Téti. Com músicas incluídas em discos de vários intérpretes do movimento musical cearense e de outras regiões do Brasil, Calé Alencar apresenta uma discografia com mais de 100 títulos, tendo registrado seu trabalho de intérprete e compositor em 16 discos autorais, nos quais se destaca um trabalho de investigação melódica, rítmica e temática, revelando uma visão abrangente e múltipla que norteia sua trajetória no cenário musical.

Pretendendo imprimir uma marca original nas manifestações culturais de rua, o Maracatu Nação Fortaleza tem participado com muito destaque nos desfiles carnavalescos da capital cearense, além de realizar apresentações na programação de eventos artísticos e culturais, criando oportunidade para a mostra do talento de crianças e jovens, aliados à experiência dos brincantes adultos e exibindo seu cortejo em escolas, pontos de cultura, centros culturais, teatros, eventos turísticos, praças e outros espaços públicos, como forma de contribuir para a ampla difusão do maracatu cearense, acrescentando matizes fortes para a apresentação dos figurinos e inovando nos desenhos musicais do grupo de percussão com a criação de um toque vigoroso e inovador.